Arquivo

Posts Tagged ‘insônia’

Dormir bem é fundamental…

24 de março de 2013 5 comentários

Nada como uma noite bem dormida pra poder fazer um bom treino ou uma boa prova…

desde que me entendo por gente tenho uma insônia absurda e nunca consegui resolver… É uma coisa cíclica: tem períodos que durmo muito bem e períodos que durmo muito mal. E quando falo mal, é mal mesmo… Fato é que nunca consegui identificar um motivo para que isso ocorra então fica mais difícil resolver o “problema”. Tomar remédios pra dormir? Nem pensar!

Tudo isso, vocês já devem imaginar, é pra tentar “justificar” um treino ruim.

dormirbem

Sábado passado acordei às 5h da manhã após 7h de sono tranquilo. Peguei a bike e fui pra estrada. Foram 130km de pedal num ritmo que considero bem legal seguidos de 40min de corrida bem leve. Terminado o treino, fui almoçar com a família e passei o restante do dia fazendo social. Tudo uma beleza…

dormirmal

Este sábado acordei às 5h da manhã após 4h de sono conturbado. Peguei a bike e fui pra estrada. Com 85km de treino parei para comprar um Gatorade e fiquei completamente tonto. Um mal estar generalizado que me levou a devolver ao mundo tudo o que eu já havia comido e bebido naquela manhã. Voltei pedalando até onde estava o carro totalizando 115km de treino. Não corri, obviamente, e passei o restante do dia me arrastando. Um dia pra ser esquecido!

Só pra constar, a planilha mandava 150km de pedal e 40min de corrida. Foram só os 115 de pedal e “daquele jeito”…

Pelo menos hoje cedinho já consegui encaixar uma corridinha boa…

Vamos que só faltam 2 meses…

Anúncios

Semana 9 de 20

12 de março de 2013 2 comentários

A semana 9 foi como um recomeço após a frustração do Rei do Mar.

Semaninha mediana e a única coisa boa foi que consegui fazer todo o volume da corrida.

Natação e bike, nem pensar.

Sem querer arrumar desculpas, já conclui que o problema de não fazer todo o volume da natação é o horário. Tenho uma insônia cavalar e, apesar de o próprio treino em si colaborar para que eu durma melhor, tem dias que isso é impossível. Acordar às 05h30min da manhã pra ir nadar torna-se mais impossível ainda quando sua noite não teve mais de 4h de sono. Normalmente fico satisfeito quando durmo cerca de 6h30min. Menos que isso fico mal e mais que isso acabo acordando naturalmente não muito depois… Fato é que não tenho muitas armas pra brigar contra isso, logo, quando consigo dormir cedo, consigo acordar cedo e nadar, quando durmo tarde, não. Já decidi também parar de me estressar com isso. Assim será até o dia 26/05. Ops: 25/05 pq dia 26/05 tenho que acordar mesmo que só tenha cochilado 1 única hora… rsrsrs

O pedal não tem desculpas. Tirando o arredondamento do final de semana, que deu coisa de 15min a menos, durante a semana, o que não pedalo é por preguiça.

Só pra explicar os arredondamentos: a planilha é feita em minutos (Ex: pedalar 240min com os últimos 60min fortes). Pra calcular as idas e vindas na estrada e quais os retornos que vou utilizar, estimo uma velocidade média de 30km/h e, neste exemplo, eu pedalaria 120km. É quase isso que acabo pedalando (cerca de 117 ou 118km) mas a média acaba ficando um pouquinho maior e faz com que o tempo final seja menor. Faz parte!

Mas não “roubo” na hora de mostrar os números. Se com a conta programei pedalar 120km em 240min e fiz os 120km em 225min, coloco no somatório que pedalei apenas 225 de 240. Isso faz com que seja difícil fazer todo o volume do pedal no sábado. Repito, durante a semana o problema é preguiça!

A corrida foi o que salvou. Treinos conforme o previsto. Dessa vez com um arredondamento (também nas distâncias) para mais.

Segue o comparativo previsto / realizado:

Swim: 9.600m / 6.000m

Bike: 380min / 250min

Run: 200min / 210min

Categorias:Treino Tags:,

Cansaço 1 X 0 Eu

18 de novembro de 2012 Deixe um comentário

Eu tinha decidido que novembro seria meu mês de descanso.

Foi um ano muito “corrido”, literalmente. Tudo começou em 08 de janeiro com o início da preparação pra Maratona do Rio que aconteceu no início de julho, de janeiro pra cá foram algumas corridas de 10km, 2 ou 3 meias maratonas, 1 maratona, algumas travessias aquáticas, 2 triathlons olímpicos e o Ironman 70.3 Miami… Ufa, cansei…

Meu objetivo era descansar o mês de novembro pra iniciar com tudo a preparação pro Ironman Brasil 2013 em dezembro, mas tinha ainda a última etapa do estadual de triathlon no dia 15 de novembro. E aí, o que fazer?

Pois é, sou fominha demais, logo, assim que as inscrições abriram, tratei de me inscrever… Ia ser tranquilo! Na minha mente, era só descansar uma semana depois de Miami e manter uma rotina de treinos leves até a prova. Depois teria 15 dias pra descansar completamente até dezembro chegar. Não deu!

Acabei não conseguindo treinar direito e quanto mais eu tentava, mais me cansava…

Isso tudo ainda coincidiu com um período um tanto quanto estressante da minha vida pessoal, cheio de coisas pra resolver e, quando fico assim, minha insônia é algo completamente perturbador. Tudo o que eu queria era dormir um pouco e não conseguia… Fiquei praticamente uma semana me arrastando… Com sono durante o dia e acordadão durante a noite, a coisa só piorava…

 

 

No dia de buscar o kit da prova tivemos a agradável surpresa de que a Prefeitura do Rio, sempre ela, tinha cortado um pedaço do percurso e não seria mais possível ter os 40km de ciclismo, sendo reduzido pra praticamente 30km. Aproveitaram pra informar que a temperatura da água estava baixíssima e estavam cogitando reduzir também o trecho da natação pela segurança dos atletas…

Tudo confabulava pra eu não participar, mas, na véspera da prova deixei tudo preparado pra acordar às 5h da manhã e partir pra dentro…

 

Foi uma noite muito mal dormida, acordei várias vezes durante a madrugada e choveu muito o tempo todo. Às 5 da manhã, quando o despertador tocou, já não chovia mais mas não tive forças pra vencer o frio que fazia no lado de fora e sair. Acabei voltando pra cama…

 

Hoje, 3 dias depois da prova, bate um certo arrependimento de não ter ido, mas no fundo eu sei que essa foi a melhor decisão… É melhor pisar no freio agora e deixar o corpo relaxar pra poder começar zerado em dezembro e chegar em Floripa na minha melhor forma…

Resumindo, é hora de descansar pra poder dar uma nova corda…

Vamos que vamos…

 

%d blogueiros gostam disto: